A Garota que lê no Metro

R$34,90

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • JOANA FLOR LIVRARIA E PAPELARIA LTDA ME AV. ALFREDO BALTHAZAR DA SILVEIRA, 580 LJ 115B - RECREIO DOS BANDEIRANTES - BARRA WORLD SHOPPING E PARK
    Grátis

Conteúdo: As viagens de metrô para o trabalho, típicas da rotina, possibilitam que Juliette observe sempre os mesmos passageiros e os livros que cada um lê. Todos têm suas particularidades, como a idosa que folheia um livro italiano de culinária e sorri diante de algumas receitas ou a garota que lê romances e sempre derrama minúsculas lágrimas quando chega à página 247. "Por que a página 247?", pergunta-se Juliette. Ela observa todos com curiosidade e ternura, como se as leituras e paixões alheias pudessem colorir sua vida tão monótona e previsível.

Certo dia, a jovem decide romper com a rotina e usufruir o prazer de percorrer as ruas a pé, observando o formato das nuvens, com o olhar em busca do novo. E esse desvio mudará completamente a sua vida, graças ao iraniano Soliman e sua pequenina filha Zaïde.

Todas as citações literárias de A garota que lê no metrô são referidas no fim da obra. Assim, o leitor poderá aprofundar-se neste rico universo narrativo.

Gênero: Jovem/Romance Contemporâneo

Autora: Christine Féret-Fleur

Páginas: 160

Formato: 16x23

ISBN: 978-65-88490-00-6

Tradução: Maria de Fátima Oliva Do Coutto

 Ano de lançamento: 2020

Sobre a Autora:

Christine Féret-Fleury começou a carreira como editora da Gallimard Jeunesse. Formada em Letras, pesquisou durante os anos de universidade a relação entre letra e música na ópera. Em 1996, publicou o seu primeiro livro, Le petit Tamour, romance juvenil. Em 1999, venceu o prêmio Antigone com Les vagues sont douces comme des tigres. E, desde então, lançou dezenas de obras que perpassam por diversos gêneros literários. Mora em Paris e dedica-se exclusivamente a escrever e realizar oficinas de criação.

 

Editora Valentina